Crédito ao consumidor: como funciona e o que é?

Pixabay

Crédito ao consumidor: como funciona e o que é?

Como uma forma de incentivar e, principalmente, viabilizar algumas compras. Seja elas aquisições e investimentos, o mercado resolveu criar uma modalidade de crédito ao consumidor. Embora seu nome seja pouco difundido, essa é uma das modalidades de financiamento que é mais popular. Ela é amplamente usada em toda a nossa sociedade.

Se você quer saber um pouco mais sobre esse tipo de crédito, ficar por dentro de como tudo funciona e ainda aprender como ele é e qual a melhor forma de utilizá-lo, continue lendo este artigo!

O que é o famoso crédito ao consumidor, afinal de contas?

O crédito ao consumidor, ou crédito direto ao consumidor (CDC) é uma forma de financiamento diferenciada.  Ela é concedida ao consumidor que deseja adquirir algum bem durável. Ou até mesmo sem que o consumidor mostre algum propósito em específico.

De forma geral, esse financiamento vai ser oferecido pelos bancos, por agências financeiras, e também por lojas. Mas no entanto, apenas as de departamento, que costumam emprestar valores aos seus consumidores. Isso é feito para que eles possam fazer seus próprios investimentos. Geralmente esse tipo de crédito é tomado para poder comprar eletrodomésticos de maior valor, ou veículos automotivos.

Isso significa, que o consumidor que , por exemplo, comprou uma geladeira em diversas parcelas. Seja por carnê na própria loja, ou por um cartão de crédito, ele fez uso do crédito direto ao consumidor.

Em casos como o uso de carnê, o financiamento foi feito diretamente com a loja em que o item foi comprado. No caso dos cartões de crédito, o financiamento é feito inteiramente pela agência. Seja uma financeira ou banco.

Essa é uma das formas mais clássicas e mais utilizadas de se conseguir um empréstimo em todo o Brasil. A verdade é que as pessoas nem sabem que o carnê e o cartão de crédito são formas de empréstimo. Isso acontece porque ela estão habituadas a usar essas modalidades.

O objetivo dessa modalidade de crédito é ceder ao consumidor os meios necessários para que ele possa comprar bens ou pagar por algum serviço que, de outra forma, ele não poderia pagar a vista.

Como funciona esse crédito ao consumidor?

O crédito ao consumidor de forma direta funciona de modo distinto. Ele funciona de acordo com a entidade que vai conceder o empréstimo. Dessa forma, caso o crédito seja solicitado diretamente em bancos ou agências financeiras, o crédito é concedido em espécie, ou seja, diretamente em dinheiro.

Isso significa que o solicitante recebe o dinheiro na hora e pode gastar como bem entender. Este valor, no entanto, deve sempre estar dentro do limite que é pré-aprovado. Seja pela agência ou banco. Por outro lado, nas lojas de departamento, os crediários são oferecidos para quem deseja fazer compras. Mas desde que sejam até o limite que é pré-aprovado na própria loja.

Esse limite de crédito, que é um valor pré-aprovado, pode ser definido com uma análise de renda e de histórico de transações bancárias. Sendo assim, também analisadas as ausências de restrições. As vezes até mesmo daqueles valores de compras que foram feitas anteriormente. Todas estas situações são analisadas de forma conjunta para demonstrar a real capacidade do solicitante, e servem para guiar a agência na hora de definir qual é o limite pré-aprovado para cada indivíduo em especial.

As taxas que devem ser pagas pelo cliente por conta do empréstimo solicitado são acordadas diretamente entre a agência, banco ou loja com o cliente. No entanto, o prazo máximo para que essa dívida seja paga geralmente gira em torno de 60 meses.

Quais são as diversas vantagens do crédito ao consumidor?

Sem dúvidas, uma das vantagens principais que essa modalidade oferece é o fato do solicitante obter o bem que deseja financiar de forma imediata. Ele já sai da loja com o que deseja em mãos, mesmo que ainda não tenha terminado de pagar seu valor de forma integral.

Além disso, o solicitante tem a chance de escolher qual o valor que deseja pagar como entrada, assim como o valor que ele deseja financiar. Por mais que o valor de cada parcela seja definido automaticamente, o consumidor ainda pode antecipar as prestações (se desejar), da mesma forma que ele pode quitar o empréstimo de forma integral no momento que desejar, o que geralmente implica na redução dos juros que são incidentes nas parcelas.

Uma outra vantagem que essa modalidade de crédito oferece é o fato do cliente poder optar por um contrato prefixado, onde os juros sejam embutidos diretamente nas parcelas. Esse tipo de contrato torna possível saber, exatamente e de forma antecipada, qual o valor que vai ser pago todos os meses ao longo de toda a quitação do financiamento.

O crédito ao consumidor de forma direta pode ser usado de forma inteligente por quem deseja parcelar uma compra, mas sempre é bom lembrar que você tem uma dívida que deve ser quitada, e adiantar parcelas é sempre uma boa escolha quando isso for possível!

Rate this post

Similar Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.