//Quais são os tipos de empréstimos que existem no Brasil?

Quais são os tipos de empréstimos que existem no Brasil?

Pixabay

Quais são os tipos de empréstimos que existem no Brasil?

Em meio a essa crise que estamos tendo que vivenciar, é bem normal ver as pessoas recorrendo cada vez mais aos empréstimos no Brasil. Seja para quitar suas dívidas ou lidar com alguma urgência de última hora. Mas quais são os tipos de empréstimos que você pode solicitar?

Nosso objetivo é o de apresentar os mais diversos tipos de empréstimos que são possíveis. Assim como quais as vantagens que cada um deles apresenta, explicando como eles funcionam. Quer saber quais são tipos de empréstimos disponíveis, suas diversas vantagens e qual mais se adequa às suas necessidade? É só continuar com a gente!

Tipos de empréstimos e suas diversas características

Bom, vamos começar com o empréstimo que é mais comumente usado por aí. O empréstimo pessoal. Esta modalidade geralmente pode ser solicitada diretamente com bancos ou agências financeiras. Claro, tudo mediante assinaturas feitas em um contrato.

Antes que esse contrato seja finalmente assinado, entretanto, é necessária uma avaliação minuciosa e completa de toda a documentação que for fornecida pelo solicitante. A contratação geralmente costuma ser feita sempre de forma ágil e bem acessível. No entanto, é preciso estar sempre atento a todas as taxas de juros que vão ser cobradas, já que elas podem acabar se mostrando bem altas.

O próximo empréstimo a ser analisado vai ser o empréstimo consignado. Nesse tipo de empréstimo, o limite máximo para o pagamento mensal feito vai ser sempre de 30% . Esse valor é calculado sobre o valor total do salário de quem está fazendo a solicitação. Além disso, de forma geral, as taxas de juros que são cobradas com essa modalidade se mostram bem menores do que as cobradas em outras modalidades de empréstimo, como é o caso do empréstimo pessoal.

A desvantagem, no entanto, dessa modalidade de empréstimo, é que o pagamento de todas as parcelas é feito diretamente por desconto em folha. Sendo esse o motivo de suas taxas serem mas baixas, já que o banco tem a garantia de que vai sempre receber as parcelas.

As restrições do empréstimo consignado

Mas vale lembrar que esse tipo de empréstimo dentre os tipos de empréstimos apresentados é um dos mais restritos. Isso porque ele tem um grupo seleto de pessoas podem fazer uso dele. Estes são os aposentados, pensionistas do INSS, servidores públicos e de empresas afiliadas.

O empréstimo rotativo geralmente é o terror das pessoas. Ele está diretamente ligado ao uso do cartão de crédito. Caso o valor pago da fatura seja inferior ao valor total dela, o usuário automaticamente vai entrar no “rotativo”, ou seja, ele pega emprestado um valor para conseguir pagar o resto da fatura.

Acontece que o banco faz o pagamento desse valor, mas ele vai ser cobrado nas próximas faturas, e geralmente os juros dessa modalidade costumam ser extremamente abusivos. A principal vantagem desse tipo de “empréstimo” é a flexibilidade no pagamento. Ah, e quem acaba caindo no rotativo não pode ser inserido de forma alguma nos serviços de proteção ao crédito!

Entretanto, ainda que essa vantagens pareçam bem atraentes em um primeiro momento, essa modalidade de empréstimo deve sempre ser evitada, principalmente por conta de suas taxas de juros que são literalmente estratosféricas.

Não muito distante está o empréstimo pelo cheque especial. Essa é uma das modalidades de empréstimo que mais se assemelha ao empréstimo pessoal, seja em termos de desvantagens ou vantagens. Entretanto, a diferença principal é que o cheque especial não pede contratação.

De forma ampla, os bancos já liberam esse limite diretamente junto com a conta corrente, e ele pode ser usado quando for necessário. No entanto, você deve ficar atento às cobranças de juros, que geralmente são pesadas e podem acabar gerando uma dívida enorme.

Tipos de empréstimos: como lidar com os juros

Em todo tipo de modalidade diferente de empréstimo que você vá fazer, sempre haverá cobrança de juros altos, mesmo os mais baixos ainda são altos. Por causa disso, o ideal é usar os empréstimos apenas quando você realmente estiver precisando deles. E ainda assim, das opções que existem hoje em dia o empréstimo consignado é, sem dúvida, a que oferece melhores condições. No entanto, apenas algumas pessoas podem fazer uso dessa modalidade.

A dica aqui é que você organize muito bem as suas finanças, planejando-as da melhor maneira possível, evitando sempre ao máximo estourar o seu orçamento e ter que recorrer a estas opções de empréstimos mais caras.

Agora você sabe todos os tipos de empréstimos que são mais amplamente utilizados no Brasil. Claro, existem ainda alguns outros, mas geralmente a população faz uso destes que foram citados. Se você realmente estiver precisando de uma grana extra, no entanto, aconselhamos que peça em outro lugar. Antes de mais nada, peça ajuda aos seus familiares, já que eles não vão te cobrar juros. Deixe os empréstimos sempre como uma última opção para tentar sair de um problema maior!

Rate this post
2018-09-29T20:45:25+00:0027 setembro 2018|Blog financeiro|0 comentários

Deixe um comentário