//TED ou DOC – entenda a diferença e faça um favor a si mesmo

TED ou DOC – entenda a diferença e faça um favor a si mesmo

Pixabay

TED ou DOC – entenda a diferença e faça um favor a si mesmo

Cuidar de como anda o seu orçamento envolve uma série de coisas no dia a dia. Conhecer os melhores serviços à sua disposição, assim como fazer uma pesquisa de custos, são coisas que te ajudarão bastante. Por isso é importante saber o que é TED ou DOC – entenda a diferença!

Para quem faz movimentações financeiras de vez em quando, ou para quem faz com frequência, é importante entender a diferença. Por mais que existam algumas coisas semelhantes, estes serviços bancários são bem diferentes no fim. Por conta disso, fazer a escolha de um ou outro é tão importante.

O cliente precisa entender suas necessidades, em termos de tempo e de valor. Só dessa forma ele vai poder encontrar a melhor situação e o melhor custo benefício. Caso a opção seja equivocada, o usuário corre o risco de acabar pagando caro nas tarifas, o que vai pesar no orçamento. Conheça agora o que é TED ou DOC – entenda a diferença, e além disso aprenda a diferenciar os serviços.

O que é o tal do DOC e como você pode usá-lo?

DOC, na verdade, significa Documento de Ordem de Crédito. Ele é uma modalidade de transferência de dinheiro de um banco para outro. É bom entender que o DOC não é usado para mover dinheiro de uma conta para outra do mesmo banco. Se for o caso de mover finanças de uma conta corrente para poupança, ou entre contas com titulares diferentes, ele não é usado.

Conforme o BCB, o DOC pode ser usado para transferências de até 4.999,99 reais. O cliente que deseja usar esse serviço pode fazer no caixa ou pela internet. Entretanto, de acordo com o que foi escolhido, o banco pode escolher algumas tarifas a mais.

Tarifas

De forma geral, o DOC que é feito diretamente na boca do caixa. Ele tende a ter um custo levemente maior, já que há necessidade de um funcionário fazer a transferência. É verdade, existem variações do valor, e as vezes isenção da tarifa, caso o correntista tenha algum pacote específico. Nestes casos, o pacote vai oferecer um número de transferências sem cobrança.

Categoria do DOC

Para se fazer o DOC é necessário ter os dados solicitados para tal. Vale lembrar que há dois tipos de DOC, o E e o D. Em tempos passados, essa distinção servia para separar as transferências que eram afetadas pela CPMF. No entanto, com este tributo extinto, os códigos voltaram a ter significado. O DOC E serve para recursos que são enviados entre contas com titulares diversos. O DOC D é usado para as transações entre contas que tenham um titular em comum.

O que é TED e como você pode fazê-lo

Para que você assimile o que é TED ou DOC – entenda a diferença, vamos tratar da Transferência Eletrônica Disponível. A TED foi implementada em 2002, e inicialmente existiam valores mínimos para essa transferência.

No entanto, em anos mais recentes, esse limite foi removido. Ainda existem tarifas ao se usar o TED, que variam entre bancos e entre pacotes de serviço. Conforme o valor, o TED pode pesar na hora de escolher investimentos. Isso acontece, principalmente, quando alguém quer enviar dinheiro de uma conta corrente para uma conta. Ainda, não há cobrança dessa tarifa nas contas digitais, onde a movimentação é feita completamente pela internet.

Categorias da TED

Da mesma maneira que acontece com o DOC, existem tipos diferentes de TED, o E e o D, na mesma situação em que eles são classificadas no DOC. Durante uma transação feita por TED, além de preencher os campos necessários, ainda é preciso informar o código Compe. Compe significa Centralizadora de Compensação de Cheques, que é um código de 3 números. As vezes é cobrado o ISPB, que é um código de oito números inseridos nos campos previstos.

Estes códigos servem para identificar as agências que vão receber o recurso. Às vezes elas estão nos dois sistemas, Assim como os bancos, é comum que corretoras, financeiras e cooperativas tenham registro dentro do ISPB. Durante a transferência, o usuário vai informar também qual a finalidade dessa movimentação. Existem mais opções de resposta aqui do que dentro do DOC.

Qual a real diferença entre os dois?

Ambos os serviços têm como objetivo fazer movimentações financeiras entre bancos. Mas no DOC o valor só cai na conta no dia seguinte. Por outro lado, a movimentação feita por TED cai no mesmo dia, geralmente de forma extremamente rápida, em menos de meia hora.

Essa é a principal diferença aqui. Agora que você compreendeu o que é TED ou DOC – entenda a diferença, é possível que você possa escolher a melhor opção para as suas movimentações financeiras. Faça tudo com calma e estude bem qual é sua melhor escolha na situação em que você se encontra.

Rate this post
2018-09-29T20:24:05+00:0027 September 2018|Blog financeiro|0 Comments

Leave A Comment